Scrapbooking

Meu primeiro álbum de Scrapbook

Em tempos de vida online, de ambientes digitais, preservar a memória tem se tornado uma desafio cada vez maior. Tudo é efêmero, passageiro, líquido…Vivemos e nos esquecemos do que vivemos praticamente com a mesma intensidade.

Imagino que você já tenha parado para pensar na quantidade de fotos e vídeos que faz com seu celular e que dificilmente revisitará, afinal se tanta coisa acontece o tempo todo, como ter tempo de rever o que já passou?!?!?

Mas a memória do que se viveu, a nossa história de vida é uma das coisas mais valiosas que temos. É por meio dessas memórias e histórias que nos desenvolvemos como seres humanos. Nossa história nos ajuda a nos entender, a saber de onde viemos e assim conseguir definir o que somos hoje e o que queremos para o nosso amanhã.

Saber da nossa história, entendê-la nos permite uma viagem para dentro de nós, nos leva ao exercício do autoconhecimento, a ferramenta mais poderosa para o sucesso em todas as esferas da nossa vida!

Não é à toa que algumas redes sociais criaram até aquela sessão de lembranças de assuntos postados no passado recente…porque elas sabem que é esse tipo de conteúdo que nos provoca emoção e é exatamente pela emoção que nos conectamos com pessoas e coisas…

Hoje é quinta-feira, dia de #tbt nas redes sociais e aproveito a oportunidade para mostrar o meu primeiro álbum de scrapbook. A técnica que me fisgou ainda adolescente e que hoje me inspira a desenvolver um trabalho diferenciado e especial para aqueles que querem registrar e preservar sua história!

Até hoje é uma emoção imensa passear por essas páginas tão simples, mas tão cheias de vida e de sentimentos!

Conheci a técnica por meio de uma pessoal muito especial, que me hospedou em sua casa enquanto eu fazia intercâmbio nos Estados Unidos. Isso foi no ano de 1997. Me apaixonei desde então!

Fui recebida e acolhida por uma família norteamericana que me incluiu como um membro de usa família. Me deu todo apoio que precisava e ainda me proporcionou momentos incríveis!

Temos contato até hoje e a saudade é imensa!!!!

Agora quero saber de você, como é que você tem preservado sua história? Me conta aqui nos cometário?