Por que, afinal de contas, alguém se importaria com a sua história?

Aquela viagem tão sonhada, o diploma finalmente nas mãos, a festa de quinze anos, o noivado, o casamento, o chá de bebê, a chegada de um filho, o início de sua vida escolar…são muitas as razões pelas quais se decide criar o primeiro álbum de scrapbook. Por meio deles, se inicia esse doce hábito de colecionar e até mesmo confeccionar, com suas próprias mãos, peças que documentam histórias de vida!

Mas manter o foco em torno de eventos familiares (embora sabemos que não tem que, necessariamente, ser assim), nossas histórias pessoais acabam por serem deixadas de lado. Afinal, sempre surge aquela sensação de que a nossa história não é interessante para mais ninguém, além de nós mesmos. Então eu pergunto: pra quê se preocupar em fazer um álbum de fotos sobre sua história?

Para não te dar apenas uma resposta, separamos sete razões pelas quais você deve sim se importar em registrar sua história. Olha só:

Love to Keep_ Chamada _Sua História_2B

  1. Por você. Por que você deve(ria) se importa(r). Todo esse processo criativo de registrar sua história é um ato de cuidado por nós mesmos e de respeito pela nossa história. Independente da opinião de outras pessoas, ao registrar sua história de vida você documenta seus passos rumo ao que definiu como meta e suas conquistas e, com isso, poderá refletir sobre suas experiências e se sentir grato por todas as benções que recebeu até o momento. E posso te garantir, a gratidão é a arte de atrair coisas boas!
  1. Seu olhar sobre sua história é único e intransferível. Só você terá condições de contar em detalhes a sua história e a de sua família. Ao compartilhar sua visão pessoal sobre os acontecimentos, você acrescentará detalhes que enriquecerão o conteúdo, criando uma imagem muito mais rica e real do passado.
  1. Você é expert no assunto. Como autor e protagonista dessa história, você é a autoridade número 1 para fornecer informações a respeito de suas experiências e pontos de vista. Num álbum de registro como o de scrapbooking, no qual você fala de um assunto do qual você domina, a narrativa segue com fluidez, de forma natural e única.
  1. Você se conecta com sua melhor parte. Quando você para, por algum tempo, para relembrar e refletir sobre seu passado, você resgata experiências e sentimentos que fizeram de você, o que você é hoje. Esses momentos de reflexão, sobre os grandes e os pequenos acontecimentos já vivenciados por você, podem ajudá-lo a se sentir mais confiante e a ter com mais clareza o quê de fato é mais importante para você. Te ajuda a identificar aquilo que realmente te impulsiona a seguir em frente. 
  1. Poderosa arma de autoconhecimento. Tudo o que vemos e o que experimentamos faz parte do que somos e nos ajuda a entender nosso espaço no mundo e a definir nossas escolhas de forma mais clara. Identificar e narrar os fatos reais, de uma forma pessoal e lúdica, nos ajuda a entender melhor quem somos e, qual é o nosso lugar naquele contexto. Desta forma, conseguimos criar um vínculo forte com o mundo, de forma consciente e leve.
  1. Antídoto contra o estresse. A rotina da grande maioria das pessoas está cada vez mais agitada e corrida. A tecnologia, presente em praticamente toda atividade, seja ela trabalho ou lazer, torna o tempo algo escasso. Produzir e/ou colecionar peças em scrapbooking pode ser uma antídoto muito eficiente contra o estresse, pois exigirá o aprendizado de novas habilidades, distrai, acalma e estimula a coordenação motora e a criatividade. 
  1. Um dia, seus filhos também se importarão. É claro que nos primeiros anos de vida dos filhos, a atenção fica quase que totalmente voltada para a criação e os cuidados com as crianças. Mas, eventualmente, eles crescerão e chegará o momento em que eles vão querer entender melhor a história da família. Já imaginou se você pudesse saber com detalhes como era a rotina de um dia de sua bisavó? O mesmo acontecerá com seus filhos e o que parece não ter muita importância agora, poderá se tornar pedra preciosa nos próximos anos de seus filhos.

E então, entendeu a importância? Agora vamos partir pra ação, separar suas fotos e outras lembranças e começar a montar seu álbum? Não sabe por onde começar? O Love to Keep te ajuda! Nos escreva: contato@lovetokeep.com

deixe seu comentário!